segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Resenha: Arcano Nove

Postado por Mah da Cunha

Oi Gente!!! \o/
Então... dando sequência as resenhas da serie A Mediadora, 
ta ai a resenha do segundo livro, espero que gostem.



Título: Arcano Nove
Autora: Meg Cabot 
Páginas: 272 
Sinopse: Em O arcano nove, segundo volume de A mediadora, Suzannah continua literalmente apaixonada por um sujeito de outro mundo. O fantasma do bonitão Jesse, que vive aparecendo em seu quarto, mexe com o coração da adolescente. Mas Tad Beaumont, o garoto mais descolado e rico da cidade, também entra no páreo. E com uma vantagem inegável: ele está vivo. O rapaz convida Suzannah para uma festa, onde ela pode ganhar seu primeiro beijo.
Enquanto lida com os ciúmes de Jesse e as investidas de Tad, Suzannah precisa resolver o assassinato de uma mulher que aparece aos gritos em seu quarto. Noite após noite a mesma coisa se repete. Com a imaginação fértil da idade, Suzannah logo cria várias hipóteses para o "assassinato", mas sua principal preocupação é descobrir quem é aquela mulher. Afinal, apesar de sentir compaixão pela desconhecida, a menina gostaria de poder dormir. Além de tudo isso, Suzannah precisa fazer o que os adolescentes fazem: estudar, badalar, e se ajustar a uma nova família, que inclui um pai adotivo e três irmãos postiços. O relacionamento com Tad vai tomando forma ao mesmo tempo em que Suzannah se envolve na busca do misterioso passado do pai do garoto. Só mesmo a mediadora para transformar a chance de um namoro feliz em risco de vida.

Resenha:
        É o segundo livro da serie A Mediadora e após ler A Terra das Sombras, fiquei muito ansiosa para ler sua continuação, fato que tenho que confessar que aconteceu até o ultimo livro da serie, bom... nele nos encontramos uma Suze mais acostumada com sua nova vida na Califórnia, sua nova família estendida, seus amigos e o fantasma gato do seu quarto o Jesse e como no primeiro livro, leitura é cativante, fácil e flui de uma forma que o tempo passa e você nem sente.
        Depois de Suze ter dado um jeito no fantasma de Heather, as coisas pareceram estar voltando ao normal e vida de Suze parece está um cadinho melhor do que na Califónia, já é vice-presidente de turma, popular no novo colégio e com exceção de Jesse e das aparições de seu pai, nadinha de outros fantasmas, mas como nem tudo são flores na vida de uma mediadora, e como dizem por ai que alegria de pobre dura pouco, ela é acordada aos berros por um fantasma que precisa da ajuda dela, a mulher está desesperada e quer que Suze dê uma mensagem a uma pessoa chamada Red e diga que ele não a matou e com isso ela tem que ir atrás de descobrir quem é essa pessoa que ela deve encontrar.
        Com a ajuda de sua amiga Cee Cee, ela descobre que Red é como também é chamado Sr. Beaumont que é um milionário, acusado pelo desaparecimento de algumas pessoas e além disso que ele é o é pai de Tad, um garoto que parecia interessado nela e que só pra piorar um cadim as ela descobre que Red pode ser um vampiro e que esse seja o motivo dos desaparecimentos.
        Suze então tem todos esses problemas para resolver e ainda lidar com seus sentimentos por Jesse que só aumentam com o passar do tempo, mas este segundo volume também é bem divertido, pois por causa de uma hipótese Suze se mete em uma grande confusão (acho assim como ela você também passa há levar fé nessa hipótese quando está lendo), os personagens melhoram cada vez mais, tem vampiros na história e assim como o primeiro você não consegue parar de ler até chegar no fim do livro e Jesse que como no outro livro, é o herói que tira Suze de uma encrenca enorme, ai ai e como eu queria ser a Suze e tem um fantasma gostosão no meu quarto que me chame de hermosa como o Jesse. 

" - Sensível à luz - disse o padre Dominic, saindo de seu devaneio. 
- O apelido 
dele é Red, mas ele não é ruivo. Ele estava olhando o seu pescoço. 
O padre Dom 
abriu a gaveta de cima de sua mesa e pegou o maço de cigarros amassado, ainda sem 
abrir. 
- Você não vê, Suzannah? 
-Claro. Ele é pirado.
- Não creio - disse o padre Dom. - Acho que ele é um vampiro. "


2 comentários:

Gabriel Rezende Silva disse...

aaai... assim eu vou falir meu pai! Já me interessei pelo primeiro, e agora muito mais pelo segundo, já que tem VAMPIROS! HEHEHEHE' Vampiros!!
Curti sua resenha, apesar de ter sido parecida com a primeira, mas, como os sentimentos são os mesmos , é válida! Parabéns pelo seu efeito cativante do livro!
TRABALHE PARA EQUIPE DE MERCHANDISING !!
kkkk' Beijos'

Marcelle Dantas disse...

Muuuito bom!!!

Com certeza eu viajei na estória e fui na hipótese também! kkkkk E ser chamada de Hermosa né... tudo de bom!!! Adorei a resenha Mah! me fez lembrar como esse livro é bom! rs

Beijos,

Marcelle
bestherapy.blogspot.com

Postar um comentário

You can replace this text by going to "Layout" and then "Page Elements" section. Edit " About "

 

Devaneios da Mah Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review