sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Resenha: Cinquenta Tons de Cinza

Postado por Mah da Cunha
Oi Gente!!! \o/
Então eu tinha falando que ia estar postando em outro blog, mas resolvi que vou estar postando aqui e lá, são blogs com fins diferente e com postagens diferentes (bom só as resenhas que serão as mesma), então espera que vocês possam acompanhar os dois, pois teremos postagens bem interessantes nos dois! E espero que gostem da minha resenha rsrs 


Título: Cinquenta tons de Cinza
Autora: E. L. James
Páginas: 480
Sinopse: Quando Anastásia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja - mas em seus próprios termos.
Chocada e ao mesmo tempo seduzida pelas estranhas preferências de Grey, Ana hesita. Por trás da fachada de sucesso - os negócios multinacionais, a vasta fortuna, a amada família -, Grey é um homem atormentado por demônios do passado e consumido pela necessidade de controle. Quando eles embarcam num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos... 



Resenha:
            Bom... livro conta a história de Anastásia e sua atração instantânea e irremediável pelo empresário Christian Grey, Ana conhece Christian quando faz uma entrevista para o jornal da faculdade, a pedido de sua amiga Kate, que neste dia, estava doente, impossibilitada de ir e desde então passa a deseja aquele homem maravilhoso e ele para sua surpresa ele também parece encantado com ela, mas Christian a quer Ana digamos de uma maneira não muito convencional rsrs
            Depois que ela a fez assinar um contrato de confidencialidade, Christian se revela a Ana que na realidade ele gosta de esta em uma relação como um Dominador, ou seja, dominador sexual e oferece a ela outro contrato para que ela seja sua submissa. Então caso não estejam enterrados no assunto (não que eu conheça ou usa essas coisa, mas sabe como é eu leio né rsrs) tudo isso  envolve chicotes, algemas e roupas de couro tudo que envolva prazer associado à dor e  essa é a proposta de Christian para ela (realiza só começar uma relação assim.... eu ia ficar tipo assim: hein?! O.o)
            Christian é um personagem instável, controlador e praticamente atua na vida de Anastasia como um caçador perseguindo sua presa, ele vê em Ana uma submissa e disposto a tê-la para si, ele conta os termos que impõe as suas submissas para que possam ficar juntos, mas Ana mesmo querendo um “relacionamento normal” (sei lá eu não acho que poderia descrever um relacionamento normal pois cada um tem sua peculiaridades né?!), com um príncipe encantado e tudo mais, ela acaba cedendo e se rendendo aos encantos desse “relacionamento diferente” (ou não né, o que pra uns é diferente pra outro é comum, to aqui pra julga ninguém não rsrs) e com seus questionamentos sobre as cláusulas do contrato que iram assinar para começar o relacionamento deles , ela acaba conseguindo eliminar algumas delas.
            Ao longo do livro vemos que ele faz referências sobre se consultar com um psiquiatra, pois como ele próprio diz  ele é “fodido em 50 tons diferentes” (creio que que daí que saio o nome do livro, ou não né!) , mas esse homem complicado também tem um lado bem humorado, é lindo de morrer e possui um passado sombrio, que tecnicamente seu comportamento presente e tem como ficção Ana que por sua vez também fica fascinada com ele.  Será que esse “relacionamento diferente”, com esse homem misterioso dará certo?
            O livro é narrado em primeira pessoa, sob o ponto de vista de Ana, tem pouca ou nenhuma ação, se limitando aos pensamentos românticos da mocinha, sua troca de e-mails com Grey e várias cenas de sexo, das mais diversas maneiras e nas mais diversas, situações. Mas é bom relembrar que é romance adulto, então tem bastantes cenas eróticas, foco principalmente no relacionamento dos dois na história e palavras de baixo calão, palavrões e tals, sabe perdi a conta da quantidade de “Puta merda”, “porra” e “foder” que li nesse livro, entre outros rsrs ( não que eu estivesse contado).
            Na minha humilde opinião, Cinquenta Tons de Cinza não é um livro que choca,  mas também não é um dos meus preferidos (Sorry, mas é verdade) ele seduz você quando está lendo, te leva para uma história e uma realidades da qual a maioria não está acostumada e aguça sua vontade de tentar entender por que Christian tem esse gosto diferente e como esse relacionamento vai ficar.
            Acho que o livro serve para mostras que o amor consegue nos libertar dos traumas, de nossas limitações e que com amor podemos superá-los, ser feliz, sentir coisas novas e aprender coisa novas, e se for uma coisa que os dois concordam e aceitam, porque não levar a vida sexual de um jeito não convencional?

“- Esqueça as regras. Esqueça esses detalhes todos por hoje. Eu quero você. Quis desde que você se estatelou no chão da minha sala, e sei que você me quer. Você não estaria aí sentada calmamente discutindo punições e limites se não quisesse. Por favor,Ana,passe a noite comigo.” 

Book trailer:



5 comentários:

Vanessa Vieira disse...

Parabéns pela resenha Mah! Muito em breve pretendo ler a Trilogia Cinquenta Tons, mas confesso estar bem receosa. Beijo!

Luana Melo disse...

Oi Mah!
Concordo com você. Ainda estou lendo o livro mas também que não será um dos melhores que já li.
Bela resenha!
Beijos*

http://luahmelo.blogspot.com

Alice Aguiar disse...

nada como uma vida sexual de um jeito diferente eu ainda nao li o livro todo
mas espero terminar logo pra fazer a resenha

Kéziah Raiol disse...

Mah concordo com você em tudo que você falou, essa parte da sua resenha diz exatamente tudo que senti ao ler Cinquenta Tons:

"Na minha humilde opinião, Cinquenta Tons de Cinza não é um livro que choca, mas também não é um dos meus preferidos (Sorry, mas é verdade) ele seduz você quando está lendo, te leva para uma história e uma realidades da qual a maioria não está acostumada e aguça sua vontade de tentar entender por que Christian tem esse gosto diferente e como esse relacionamento vai ficar."

Para mim foi um livro normal, mas eu não gostei de várias partes, e não gostei da Ana, isso ai =( ai complica né?

Beijocas flor.

FernandaVampire disse...

Bem eu fiquei interessada em ler o livro!!!

"Acho que o livro serva para mostras que o amor consegue nos libertar dos traumas, de nossas limitações e que com amor podemos superá-los, ser feliz, sentir coisas novas e aprender coisa novas, e se for uma coisa que os dois concordam e aceitam, porque não levar a vida sexual de um jeito não convencional? "

Curiosa pra ler

Postar um comentário

You can replace this text by going to "Layout" and then "Page Elements" section. Edit " About "

 

Devaneios da Mah Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review